in

Quebrando crenças limitantes: terapeuta transpessoal William Sanches dá dicas sobre a Lei da Atração para iniciantes

Pós-graduado em Neurociência comportamental, William Sanches fala sobre o tema em livros e cursos

Reprodução/Instagram

“Basta pensar positivo para que as coisas aconteçam?”, eis uma das dúvidas mais frequentes entre os iniciantes na Lei da Atração.

Publicidade

Conforme o terapeuta transpessoal William Sanches, pensar positivo é um grande passo na Lei da Atração, mas não é apenas isso que precisamos fazer para a Lei da Atração funcionar. 

“Também precisamos nos esforçar para que as coisas aconteçam. A dedicação, junto com os bons pensamentos que irão se tornar vibração, faz com que a Lei da Atração traga coisas até nós”, explica. Já com relação à predominância de pensamentos negativos, William Sanches destaca que todas as pessoas – mesmo as mais positivas – têm pensamentos negativos.

Publicidade

“A diferença entre as pessoas negativas e positivas é que as positivas não deixam os pensamentos negativos dominarem. Todos temos um pensamento governante, para mantermos a positividade, não podemos deixar o pensamento negativo se tornar o pensamento governante”, pontua.

Publicidade

Com mais de 393 mil seguidores no Instagram, William Sanches compartilha diariamente com o público os bastidores da trajetória profissional e também reflexões importantes voltadas para a Lei da Atração e Prosperidade – área na qual ele é referência nacional. Já contabiliza mais de 50 mil alunos e, atualmente, possui cursos e programas voltados à quebra de crenças limitantes como “O Poder da Quintessência”, “Destrave Seu Dinheiro” e “Vire o Jogo”.

Publicidade

Publicidade