in

Cantor da Calcinha Preta desabafa após perda de Paulinha Abelha: ‘Como dói’

Daniel Diau esteve presente nas cerimônias de velório e sepultamento da cantora.

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Parceiro de palco da cantora Paulinha Abelha por tantos anos na banda Calcinha Preta, o vocalista Daniel Diau utilizou as redes sociais nesta quinta-feira (24) para lamentar a morte da amiga, que acabou não resistindo e teve morte comunicada na noite de ontem, em uma unidade hospitalar de Aracaju, capital sergipana.

Publicidade

Após seis dias em coma, a artista de 43 anos, acabou não resistindo, diante do agravamento de lesões neurológicas. 

“Para sempre inesquecível. Como dói. Como vai ser duro entrar naquele palco sem você, vai faltar um pedaço”, escreveu Daniel Diau em seu perfil do Instagram, sendo confortado por amigos e fãs. 

Publicidade

https://www.instagram.com/p/CaXIIq7uLo-/?utm_source=ig_web_copy_link

Publicidade

Em turnê com a banda onde marcou época, Paulinha Abelha teve que interromper os shows por conta de problemas de saúde. No dia 11 de fevereiro, ela acabou sendo internada em Aracaju, com quadro grave de problemas renais. Após complicações, ela foi transferida para outra unidade da capital do Sergipe, e entrou em coma.

Publicidade

De acordo com os especialistas responsáveis pelo atendimento da artista, Paulinha Abelha entrou no na escala de Glasgow 3, a fase mais grave do coma, que não responde a nenhum tipo de estímulo e é praticamente irreversível. 

Investigação do caso

Segundo os médicos, os exames não apontaram qualquer lesão anterior relacionada ao uso de substâncias, como remédios para regime ou diuréticos. Neste cenário, os especialistas estão investigando quais poderiam ter sido os motivos que complicaram o quadro renal da artista de forma tão grave. 

O corpo de Paulinha Abelha foi velado nesta manhã de quinta-feira (24), em Aracaju. A cerimônia foi aberta aos fãs, e também contou com a participação dos companheiros de banda. 

Publicidade