in

Acusações de racisco afastam o diretor Vinicius Coimbra da Rede Globo por tempo indeterminado

Três atrizes negras de Nos Tempos do Imperador prestaram queixas à alta direção da emissora.

Ana Maria - Uol

A Rede Globo de Televisão decidiu afastar por tempo indeterminado o diretor Vinicius Coimbra de suas atividades na emissora.

Publicidade

Os motivos dessa decisão seriam as acusações de racismo que Vinícius e sua equipe teriam cometido no decorrer das gravações de Nos Tempos do Imperador.

As atrizes Roberta Rodrigues, Cinnara Leal e Dani Ornellas, que faziam parte do elenco desta história de Alessandro Marson e Thereza Falcão, resolveram procurar a alta direção da emissora para se queixarem da postura adotada pelo diretor e seus colaboradores diretos em relação aos atores negros que faziam parte da trama.

Publicidade

As três atrizes afirmam que além de comentários preconceituosos por parte de Vinícius Coimbra, os atores, durante o processo de trabalho, foram separados e havia camarins para os brancos e para os negros.

Publicidade

Ricardo Waddington, diretor de entretenimento, e José Maria Villarim, diretor de dramaturgia, foram comunicados a respeito deste assunto e informaram às três atrizes e seus respectivos representantes que as devidas providências seriam tomadas.

Publicidade

Porém, como o comportamento do diretor e equipe teriam permanecido o mesmo, Roberta Rodrigues, Cinnara Leal e Dani Ornellas recorreram ao setor de compliance da Rede Globo.

Vinicius Coimbra não comentou as acusações de racismo e se limitou a declarar que respeita o elenco de Nos Tempos do Imperador e permanece aberto ao diálogo.

Allan Fitermann já foi escalado e ocupará o lugar de Vinícius na direção-geral de Mar Aberto, a próxima novela das 18 horas da emissora.

Como não superaram o acontecido, as três as atrizes estão se submetendo a tratamentos psicológicos e psiquiátricos.

Publicidade