in

Luana Piovani abre o jogo sobre ausência dos filhos em vídeo do BBB22 e vê maldade em Boninho: ‘Chupa!’

A polêmica sobre os filhos de Scooby não terem aparecido no almoço do anjo rendeu nas redes sociais.

REPRODUÇÃO/ TV GLOBO - INSTAGRAM LUANA PIOVANI

Boa parte dos telespectadores que acompanham a vigésima segunda edição do Big Brother Brasil ficaram ligados no programa do último domingo (13/02) para ver se a atriz Luana Piovani deixaria seus filhos aparecer na telinha da Globo no tradicional vídeo do anjo. O surfista Pedro Scooby ganhou a prova do anjo e é pai das crianças, mas não pode ver os filhos por decisão de Luana.

Publicidade

A atriz já tinha dado explicações sobre o caso antes do programa ir ao ar e disse aos seus seguidores que não aceitou as condições da Globo, pois teria que ceder a imagem dos filhos por um tempo quase que vitalício. Mesmo que Scooby seja eliminado do reality, a emissora continuaria detendo os direitos de imagem das crianças.

Luana continuou seu desabafo dizendo que nunca se submeteu à grande empresa e que não é agora que ela submeterá os seus filhos. A atriz também disse que ninguém morre de saudades, deixando claro que o ex-marido deve superar a falta das crianças no vídeo.

Publicidade

Outra pessoa que já tinha adiantado para o público que a atriz não tinha liberado a imagem das crianças foi Boninho, diretor do programa. “Ela não autorizou. Pedro Scooby não vai ver as crianças“, disse ele em uma resposta no Twitter.

Publicidade

Luana Piovani sentiu maldade nas palavras de Boninho e acredita que ele expôs a situação nas redes sociais para que ela fosse criticada na internet. Por conta disso, a atriz voltou ao seu Instagram e detonou a postura do diretor do BBB.

Publicidade

A atriz comentou que a estratégia de Boninho saiu pela culatra, pois se tem algo que une as mulheres é a maternidade. Luana terminou o seu desabafo com um sonoro “Chupa, Boninho!”.

Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com