in

Marília Mendonça perde processo na Justiça e deverá pagar R$ 360 mil a empresário

A artista havia entrado com um recurso de apelação, porém, teve o pedido negado.

FOTO: REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM @MARILIAMENDONÇAOFICIAL

Nesta semana, os familiares da cantora Marília Mendonça, que faleceu no último dia 5 de novembro após sofrer um acidente de avião em Minas Gerais, receberam uma determinação bastante desagradável vinda da Justiça.

Publicidade

Acontece que Marília, que estava sendo processada, acabou sendo condenada a pagar a quantia de R$ 360 mil reais para Pedro Barbosa dos Santos, que trabalha como empresário da dupla sertaneja Mauro e Felipe. 

O empresário alegou, ao dar entrada no processo, “inutilidade das letras musicais” que Marília havia vendido para seus clientes. As acusações foram de que a sertaneja, que era uma das mais amadas do Brasil, já havia negociado as canções com outros artistas.

Publicidade

Cerca de dois meses antes de perder a vida, Marília, que tinha 26 anos, havia entrado com uma apelação na Justiça sobre o processo, porém, a artista teve o pedido negado após o documento ser encaminhado às instâncias superiores.

Publicidade

Segundo informações, a indenização é de R$ 60 mil por cada canção que havia sido vendida por Marília à dupla gerenciada por Pedro Barbosa. O restante da herança deixara pela Rainha da Sofrência deverá ser destinada para Leo, filho que ela teve com o também cantor Murilo Huff.

Publicidade

Leo tem dois anos e está sob a guarda da avó materna, Ruth Moreira Dias, e do pai. Acredita-se que o valor deixado de herança pela sertaneja seja de R$ 500 milhões. A família de Marília ainda não se manifestou acerca do resultado do processo. Não foi informado quando o pagamento da indenização deverá ser efetuado.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.