in

Luciano Huck é atacado por Bolsonaro por ‘caixa-preta do BNDES’

Exame

Durante uma transmissão que fez ao vivo no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro aproveitou para atacar o apresentador da Globo, Luciano Huck e o atual governador de São Paulo e ex-apresentador da Band, João Doria.

Publicidade

O motivo dos ataques do presidente são dados divulgados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Ambos financiaram aviões pelo BNDES.

O plano, que existiu durante os governos de Lula e Dilma foi chamado de “teta’.

Publicidade

Ataque de Bolsonaro é contra possíveis candidatos à presidência

Luciano Huck e João Doria aparecem como citados na lista de presidenciáveis do ano de 2022, enquanto Bolsonaro afirmou que deverá tentar a reeleição. Em suas próprias palavras, Bolsonaro afirma que a “caixa-preta do BNDES” revelou a compra de aviões com juros de 3 a 3,5% ao ano. “Que teta, hein?”.

Publicidade

E mais adiante, Bolsonaro questiona: “O que é isso, Luciano Huck?”. O político do PSL pondera que a compra não foi ilegal, mas ironizou a posição dos dois.

Publicidade

Bolsonaro e João Doria já foram dois aliados muito próximos durante as eleições de 2018. Eles se fizeram elogios em muitas ocasiões, mas a relação foi mudando nos últimos meses.

Já Luciano Huck fez duras críticas ao atual mandatário do executivo brasileiro, afirmando que o ex-deputado não é o primeiro capítulo da renovação política, mas o último do que deu errado.

Vivendo uma crise envolvendo a Amazônia, Bolsonaro chegou a criticar recentemente o fundo de valores levantado pelo G7, afirmando que a ajuda oferecida pelo grupo é uma “esmola” e que o Brasil vale muito mais que 20 milhões de dólares.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.