in

Internação às pressas, contrações e dilatação: grávida de 33 semanas, Urach fala sobre quadro de saúde do bebê

Modelo foi internada às pressas após sua pressão chegar a 18/11. Parto é considerado prematuro até 36 semanas.

Reprodução: o fuxico / terra - fotomontagem por manuella

Na última sexta-feira, a modelo Andressa Urach passou por um susto e preocupou seus fãs com a notícia de que precisou ser internada às pressas. Vivenciando o oitavo mês de gestação, com 33 semanas de gravidez, a internação se deu porque Andressa começou a sentir contrações e teve picos de pressão alta.

Publicidade

Andressa contou que precisou ser levada para um hospital que possuísse UTI neonatal, já que até a trigésima sexta semana de gestação, o bebê ainda é considerado prematuro.

De acordo com a modelo, ela está com um dedo de dilatação e pressão alta, além de estar sentindo contrações. Para auxiliar na saúde de Leon, nome escolhido para o filho que aguarda, Andressa está medicada com um remédio que auxilia no amadurecimento do pulmão do bebê.

Publicidade

“Agora, estou bem. Em observação”, declarou Urach, que também teve anemia constatada em seus exames. Segundo ela, os médicos estão fazendo tudo o que podem para que Leon permaneça o máximo de tempo em seu ventre, enquanto ela se encontra muito cansada, já que as contrações doem muito: “Acho que por isso a gente ama tanto os filhos, a gente sofre tanto para tê-los, que a gente já começa a amar enquanto eles estão dentro da barriga da gente”, desabafou.

Publicidade

Modelo conta que situação dela e do filho está se controlando

Em seu canal do YouTube, Andressa, que teve sua pressão chegando ao nível de 18/11, contou que a equipe médica responsável pelo seu caso receitou um medicamento capaz de manter a criança em gestação por mais tempo e que sua pressão já estava reduzindo. Além disso, a modelo relatou que ficará internada para “segurar” Leon pelo seu bem e da criança, mas que já está ficando tudo bem.

Publicidade
Publicidade