in

Se Nos Deixam – Mónica Dionne fala sobre a doença de Rebeca: ‘Que o amor dure mais que a memória’

A atriz que interpreta Rebeca falou sobre a doença degenerativa de sua personagem, que deve emocionar o público de Se Nos Deixam.

Las Estrellas

Nos próximos capítulos da novela Se Nos Deixam, o público vai se deparar com um drama já abordado por algumas novelas brasileiras: uma doença degenerativa, neste caso, o Alzheimer.

Publicidade

Rebeca, professora universitária e uma das melhores amigas de Alice, será diagnosticada com Alzheimer precoce, fato que mudará sua vida radicalmente para sempre. Ela ama a leitura, a escrita e saber que perderá isso com o tempo a deixará muito triste.

Os primeiros sinais da doença já serão mostrados nos capítulos da próxima semana, quando ela e Fabian, seu marido, estarão conversando na mesa do café da manhã. O homem fala sobre o caos que está na emissora desde que Tiago se demitiu por ver Sergio demitir Martin.

Publicidade

Rebeca então se levantará da mesa e dirá que vai fazer um café ao marido. Fabian ficará em choque, a observando indo para o fogão e alegará para a esposa que o café foi a primeira coisa que ela trouxe para a mesa. Ao ser questionada se está bem, Rebeca dirá que apenas está cansada por ser fim de semestre na universidade e assim ter muito mais trabalho. Os episódios de falta de memória, entretanto, vão se repetir após o período de provas.

Publicidade

A atriz que dá vida a personagem Rebeca é Mónica Dionne, que revelou em entrevista ter tomado consciência da gravidade da doença, após viver na pele da professora universitária.

Publicidade

“Fazer esse personagem foi perceber que é uma doença degenerativa que te deteriora, e o ruim é que você não sabe o quão rápido ou o quão lento pode ser, e mais ainda minha personagem, Rebecca, cuja vida são palavras e de repente acho que ela vai esquecê-los, também é muito difícil para os amigos dela, e o que é muito bom é essa dedicação do marido, do Fabian, de conquistá-la todos os dias”, declarou Mónica em entrevista ao El Universal.

A frase preferida de sua personagem ficou gravada na memória de Dionne, que a carrega para a vida: “Que o amor dure mais que a memória”, relembrou a atriz.

Quando Rebeca for oficialmente diagnosticada, as pessoas mais afetadas por sua dor serão Alice, Fernanda e Fabian. As cenas prometem comover o público e pela primeira vez em um dos dramalhões escolhidos para ser exibido no SBT, o público poderá se conscientizar de um problema real que afeta milhões de pessoas em todo o mundo.

Publicidade

Escrito por Nascimento

Redator de entretenimento e curiosidades