in

Datena critica Bolsonaro por manter Guedes no governo e aconselha: ‘você vai se ferrar’

O apresentador não poupou críticas ao presidente e afirmou que ele sofrerá as consequências caso continue mantendo Guedes no governo.

Reprodução/Band

José Luiz Datena criticou duramente o presidente da República Jair Bolsonaro (PL) por manter Paulo Guedes como ministro da Economia. Durante o Brasil Urgente da quarta-feira, 2, o comunicador apontou Guedes como o suposto responsável pelo aumento na conta de energia elétrica dos brasileiros, devido às termelétricas.

Publicidade

Datena disparou que se o chefe do Executivo continuar atrelado com Guedes, ninguém vai votar nele. O apresentador diz que, caso o presidente não largue Paulo Guedes, ele vai estar ferrado. E mais, Datena ainda ressaltou que os reservatórios de todo o país estão enchendo e, diante disso, perguntou: “Vai continuar essa bandeira vermelha?”.

O comunicador continuou seu desabafo comentado sobre os altos valores na energia e nos combustíveis. Datena diz que Guedes não quer abaixar os preços da conta de luz e combustível, mas quando o assunto é dar mais de R$ 36 bilhões para políticos do centrão, o ministro não se manifestou com medo de Jair Bolsonaro.

Publicidade

O apresentador aconselha Bolsonaro dizendo que se ele fosse o presidente tiraria Guedes do governo. “Porque você vai se ferrar”, concluiu Datena, destacando que vem alertando o líder do Executivo já há algum tempo.

Publicidade

Em novembro do ano passado, o apresentador se revoltou com a Band e chegou a ameaçar deixar o comando do Brasil Urgente. Tudo começou depois que o comunicador se irritou com a editora-chefe do telejornal, Débora Raposo, após ela mandar um recado para ele por meio do ponto eletrônico.

Publicidade

Na ocasião, Datena pediu para que ela deixasse ele acabar seu raciocínio ou que fosse ela mesma apresentar o programa.

Publicidade