in

Tragédia em São Paulo com desabamento da obra do metrô leva Datena ao pânico ao vivo na TV

Datena estava noticiando o fato e mostrando uma transmissão ao vivo do local quando caiu uma parte do asfalto.

Foto: Reprodução/ Band TV

Na manhã desta terça-feira (01/02), o metrô da linha 6-Laranja que está passando por reparações acabou desabando na Marginal Tietê. Após o desabamento repentino, formou-se uma cratera enorme na via.

Publicidade

Durante o jornal Brasil Urgente, a situação acabou piorando. O jornalista José Luiz Datena estava noticiando o fato e mostrando uma transmissão ao vivo do local quando caiu outra parte do asfalto, aumentando ainda mais o buraco.

O apresentador estava dando algumas informações sobre o fato que aconteceu pela manhã e acabou narrando ao vivo outra parte da pista cedendo. Ao presenciar o ocorrido, Datena, conhecido por ser um jornalista direto e sincero, pediu para que as autoridades responsáveis agissem o mais rápido possível para controlar a situação.

Publicidade

Ele ainda disse que o estado de São Paulo está passando por um momento complicado devido às fortes chuvas e pediu que os governantes agissem imediatamente para evitar possíveis tragédias.

Publicidade

O primeiro desabamento aconteceu por volta das 9h, perto da Ponte Piqueri, na Zona Norte da capital. Durante o dia, a cratera foi aumentando e a última parte acabou caindo na hora da transmissão ao vivo do jornal Brasil Urgente, ao fim do dia.

Publicidade

De acordo com o Secretário de Transportes Metropolitanos, Paulo José Galli, o desmoronamento foi causado por um vazamento de uma galeria de esgoto. Tudo indica que o solo não suportou o peso da galeria e a estrutura acabou se rompendo.

No entanto, o vazamento ainda não foi confirmando e ainda está sendo averiguado o motivo que causou o acidente. “Estamos providenciando uma auditoria para identificar exatamente o que ocorreu e os responsáveis para que a gente adote as medidas cabíveis”, relatou o secretário.

Publicidade