in

Após expor dificuldades financeiras, Andressa Urach mostra coleção luxuosa de sapatos: ‘eu era muito fútil’

A modelo mostrou detalhes de sua coleção de sapatos e revelou que se arrepende de ter gastado tanto dinheiro.

Foto: Divulgação/ UOL

No sábado (29/01), Andressa Urach gravou um vídeo para seu canal no Youtube mostrando sua coleção de sapatos que possui mais de 500 pares. No vídeo, a modelo revelou que entre os modelos têm sapatos que custaram até R$ 5 mil.

Publicidade

Durante o vídeo, a esposa de Thiago Lopes revelou que, atualmente, não compraria e não gastaria todo o valor que investiu na coleção de sapatos. Segundo Andressa, hoje ela sabe dar valor ao dinheiro e sabe como é difícil conquistá-lo.

A modelo disse que veio de uma família muito humilde e que foi muito humilhada porque não tinha o que vestir e muito menos calçados. Por conta disso, ela acabou desenvolvendo uma compulsão por sapatos. “Cheguei a pagar R$ 5 mil num sapato, hoje eu vou pelo mais em conta mesmo, no máximo R$ 200. Eu era muito fútil e tinha uma compulsão por sapatos”, disse a apresentadora.

Publicidade

Após revelar que tem enfrentado dificuldades financeiras, Andressa aproveitou o momento para refletir sobre seu comportamento e disse que gostava de ostentar e mostrar seu poder de compra nas redes sociais. Ela ainda disse que as mulheres geralmente têm essa obsessão de compra para mostrar o quanto é rica e poderosa.

Publicidade

A modelo possui uma coleção composta de sapatos altos e sem saltos e revelou que atualmente prefere sapatos baixos, principalmente agora que está grávida de seu segundo filho, Leon, e não consegue utilizar saltos por muito tempo. No entanto, a vice Miss Bumbum disse que quando montou a coleção era apaixonada por sapatos altos e usava todos os dias.

Publicidade

Andressa Urach comove fãs ao relatar dificuldades em lidar com os efeitos da doença de boderline

Recentemente, a modelo Andressa Urach comoveu seus seguidores ao expor sua luta contra os efeitos do transtorno limítrofe, conhecido como bordeline.

Ela disse que tem muita dificuldade para controlar o próprio corpo e que é uma luta diária para poder lidar com os transtornos da síndrome. Na ocasião, ela relatou que resistiu ao tratamento por 6 anos, achando que não tinha absolutamente nada, mas, atualmente, está se cuidando e tentando controlar os efeitos da doença.

Publicidade