in

Público aponta suposto racismo de participantes do BBB22

Internautas se revoltaram com a atitude das participantes do Big Brother Brasil 22.

Reprodução/TV Globo

Aconteceu na noite do último domingo, 30, uma situação constrangedora e supostamente criminosa no BBB22. Segundo informação do jornalista e colunista do portal IG, Gabriel Perline, Laís Caldas e Eslovênia Marques imitaram movimentos de um macaco após falarem que votariam em Natália Deodato no segundo paredão do reality global.

Publicidade

Na hora do suposto ato racista, as sisters estavam com Bárbara Hecke e Maria no banheiro da casa mais vigiada do país. A goiana, cutuca a amiga e aponta para o espaço reservado, indicando que Natália está lá dentro e teria ouvido a conversa das duas.

A gaúcha que já foi affair do jogador de futebol Neymar Jr, viu que Deodato não estava no quarto Lolipop e ficou tensa com gafe. Foi aí que Laís andou em direção ao corredor, fazendo um movimento similar a de um macaco. A amiga Eslovênia, foi atrás imitando a médica.

Publicidade

Enquanto isso, Maria e Barbara riam da situação. Logo em seguida, Natália saiu do reservado e, lavando as mãos, pediu a Deus paciência.

Publicidade

Revoltados, muitos usuários das redes sociais acusaram Laís e Eslovênia de racismo. Além disso, internautas não gostaram da omissão de Maria, já que a atriz viu a cena e não fez nada e ainda riu do fato.  Assista o momento do suposto racismo no reality global:

Publicidade

O segundo paredão do BBB22 está formado.

Teve fogo no parquinho no segundo paredão do BBB22, realizado ontem a noite (30). Com  dinâmicas que geraram conflito entre os competidores, o paredão está formado. Jessilane Alves, Natália Deodato e Rodrigo Mussi estão na berlinda e o público escolherá entre os três o segundo eliminado da atração dirigida por Boninho e apresentada por Tadeu Schmidt.

Publicidade

Escrito por Thalita Hora

Jornalista e Redatora