in

Enquanto Paulinho do Roupa Nova era cremado, filhos já se preocupavam com herança, diz viúva em triste relato

A viúva de Paulinho, Elaine Soares, revelou detalhes de sua vida após a morte do marido.

Foto: Reprodução/ UOL

Em uma entrevista exclusiva para o Domingo Espetacular, a viúva de Paulinho, Elaine Soares, revelou detalhes de sua vida após a morte do marido, que faleceu em 2020 devido a complicações da Covid-19.

Publicidade

Recentemente, a mulher afirmou que tem passado por muitas dificuldades financeiras. Elaine disse que o grupo Roupa Nova está a ajudando, contudo, a quantia não está sendo suficiente para manter suas despesas mensais.

Durante a entrevista, a psicóloga afirmou que os filhos do cantor não deixaram ela participar do inventário da herança. Segundo ela, no mesmo dia em que Paulo estava sendo cremado, os filhos do artista entraram na Justiça para dar início ao processo do inventário, que costuma durar cerca de um ano para ser resolvido.

Publicidade

Elaine disse que não sabia que eles tinham dado início ao processo e que ficou indignada ao saber que não esperaram passar o momento do luto para pensar na herança do pai. “No dia em que o pai deles estava sendo cremado, eles já estavam entrando na Justiça com o inventário e eu não sabia”, disse a psicóloga.

Publicidade

Ela ainda revelou que não brigou pelos bens do marido falecido. No entanto, ela disse que contratou uma advogada para que ela fosse inserida no inventário, pois como esposa ela tem direito de participar da partilha do espólio do cantor.

Publicidade

Após a declaração polêmica de Elaine, um dos filhos de Paulinho, Pepê Santos, disse que ela está mentindo e que ele e sua irmã não poderiam excluir uma pessoa de um inventário, mesmo sendo herdeiros legítimos. “Isso cabe à Justiça. Portanto, seria impossível termos feito tal coisa”, esclareceu o filho do integrante da banda Roupa Nova.

De acordo com informações, Elaine acionou a justiça em janeiro de 2021 e está processando os filhos do cantor Twigg de Souza Santos e Pedro Paulo Castor dos Santos por causa da herança de Paulinho. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, ela está solicitando o reconhecimento da união estável que tinha com músico para ser incluída no inventário do artista.

Publicidade