in

Nego do Borel se envolve em mais um escândalo com a Justiça; cantor pode ser expulso de sua própria casa

O cantor acumula uma dívida que perdura há 6 anos e corre o risco de perder sua mansão.

Record TV

O cantor Nego do Borel está passando por mais um problema em sua vida. Após ser expulso do reality show A Fazenda 13 e ser acusado de ter abusado a modelo Dayane Mello, o funkeiro está sendo processado pela Justiça por conta de dívidas.

Publicidade

De acordo com informações do colunista Ancelmo Gois, do Jornal O Globo, a Justiça do Estado do Rio de Janeiro ordenou a penhora da mansão que o cantor reside, no bairro Recreio dos Bandeirantes, localizado na Zona Oeste da Cidade Maravilhosa.

O colunista informou que a Justiça tentou comunicar Nego do Borel sobre os atrasos do IPTU referente aos anos de 2017, 2018 e 2020. No entanto, o funkeiro não foi localizado e agora corre o risco de perder seu imóvel.

Publicidade

A dívida dos impostos atrasados chega no valor de R$ 27.065,57 e, se o cantor não pagar, perderá sua casa. Segundo o jornalista, a Justiça fará a última tentativa para tentar contactar o cantor e o avisá-lo sobre o pagamento da cobrança.

Publicidade

A decisão foi ratificada pela juíza Katia Cristina Nascentes, da 12ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro. A magistrada determinou que um oficial de justiça vá mais uma vez até a residência do cantor para informar sobre a dívida.

Publicidade

Nego do Borel terá um prazo de 10 dias para quitar o pagamento dos IPTUs. Caso ele não pague, será dado prosseguimento a execução de penhora do imóvel.

O nome do cantor Nego do Borel foi incluído no cadastro da Dívida Ativa em novembro de 2021. A Procuradoria Geral determinou que o nome do funkeiro fosse colocado no cadastro e também fez o pedido de execução fiscal da dívida.

Publicidade