in

Fátima Bernardes não teria substituta, e o fim do seu Encontro seria decretado

A Rede Globo já estaria preparando um novo programa matinal, que ocupará essa faixa de horário.

TV Globo

O ano de 2022 está apenas no início e a alta direção da Rede Globo já iniciou a sua corrida contra o tempo para promover mudanças drásticas na sua programação, principalmente na sua faixa matinal. Um dos maiores problemas que a emissora vem enfrentando, já há algum tempo, e vem se arrastando se refere à Fátima Bernardes no comando do seu Encontro.

Publicidade

Após a apresentadora participar de algumas reuniões, sendo que não teria escondido o seu desejo de deixar o comando da atração matinal, a emissora teria optado em manter Fátima no programa até os meses de junho e julho, quando o seu Encontro estará completando dez anos no ar.

Também foi cogitada a ideia de encontrar uma apresentadora para substituir Fátima nesse horário, o que acabou não acontecendo, apesar de vários nomes serem pensados, como Patrícia Poeta e Sandra Annenberg.

Publicidade

A solução que teria sido encontrada para ocupar o espaço, após a saída da apresentadora, foi um novo programa, que já estaria sendo formatado. No caso de não haver novas mudanças, para comandar essa nova atração, Patrícia Poeta, Sandra Annenberg e Hélter Duarte estão entre os mais cotados.

Publicidade

Vale lembrar que Sandra Annenberg já teria manifestado seu descontentamento em continuar apresentando o Globo Repórter, função que vem exercendo ao lado de Glória Maria desde que deixou a bancada do Jornal Hoje. Caso Sandra seja remanejada para o novo programa das manhãs da Rede Globo, Poliana Abritta deverá deixar o Fantástico e ser transferida para o Globo Repórter.

Publicidade

Já o destino de Fátima Bernardes deverá ser um programa semanal, o que, por enquanto, não está confirmado. Há especulações de que ela comandaria um programa do canal GNT, que faz parte do Grupo Globo.

Publicidade