in

Ludmila Ferber foi exemplo de fé até o último instante de vida; cantora tinha 56 anos

Cantora gospel morreu em decorrência de um câncer no pulmão descoberto em 2018.

Instagram Ludmila Ferber

Pastora evangélica e cantora, Ludmila Ferber tinha apenas 56 anos e morreu em decorrência de um câncer no pulmão, nesta quarta-feira (26). A doença foi diagnosticada no início de 2018. À época, a cantora usou as redes sociais para informar que começaria a quimioterapia.

Publicidade

Ao longo do tratamento, Ludmila diminuiu apresentações, mas continuava a pregar e a fazer seus shows. No Instagram, onde era seguido por mais de 2,4 milhões de internautas, Ludmila postava informações sobre a carreira, trechos de suas músicas e versículos bíblicos.

A fé de Ludmila permaneceu firme em meio à luta contra o câncer no pulmão. Esta doença é de difícil cura porque, normalmente, é descoberta em estágio mais avançado, o que diminui as chances de uma recuperação. Por quatro anos, Ludmila lutou.

Publicidade

Publicidade

Ludmila combateu o bom combate

A cantora Cassiane, ao se despedir de Ludmila nas redes sociais, postou um versículo bíblico que se encontra em II Timóteo 4-7. “Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé”. As palavras do apóstolo Paulo para Timóteo é muito usada quando um crente morre.

Publicidade

No Instagram de Ludmila, muitos internautas estão postando mensagens lamentando o falecimento da cantora e pastora. “Meu Deus, não estou acreditando”, disse uma pessoa. “A vida é um sopro. Vamos cantar do outro lado”, declarou mais um. “Como marcou minha adolescência ouvindo tantas canções! Uma linda voz que o Senhor guardou nesta Terra”, postou outra em postagem em que Ludmila exibia um versículo bíblico. A música gospel brasileira está de luto.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!