in

‘Foi assassinado com seis tiros’: Carolina Ferraz faz relato comovente sobre perda trágica do pai

Em entrevista concedida a Reinaldo Gottino, atriz e apresentadora fez forte desabafo e contou detalhes.

Reprodução Instagram Carolina Ferraz

Nesta quarta-feira (26), durante o quadro A Hora da Venenosa, do Balanço Geral, Reinaldo Gottino exibiu trecho de uma entrevista que fez com Carolina Ferraz e mostrou ao público o relato comovente da atriz sobre a morte trágica do pai. O apresentador anunciou que a íntegra da entrevista será lançada no final da tarde de hoje, mas revelou trechos marcantes do desabafo da apresentadora do Domingo Espetacular.

Publicidade

No vídeo exibido no Balanço Geral, Carolina Ferraz contou que tinha 14 anos quando o pai foi assassinado e narrou como tudo aconteceu. A atriz contou que a história foi muito trágica e violenta, e relatou que o responsável pelo crime teria sido um ex-sócio dele à época.

“Meu pai foi assassinado com seis tiros”, desabafou a atriz à Reinaldo Gottino. “Estouraram a cabeça do meu pai. Uma loucura. Meu pai teve que ser enterrado de caixão fechado”, lamentou Carolina Ferraz durante o forte relato.

Publicidade

Segundo Carolina Ferraz, o ex-sócio devia um dinheiro para seu pai e os dois começaram a se desentender a partir daí. A atriz relatou que, antes do pai ser assassinado, ele ainda chegou a sofrer um atentado, mas conseguiu escapar com vida. Seis meses depois, o economista não teve a mesma sorte e acabou tendo a vida ceifada, quando estava saindo do escritório onde trabalhava.

Publicidade

“Nunca houve nada. Não aconteceu nada”, disse Carolina Ferraz, dando maiores detalhes sobre o destino do ex-sócio do pai. Ainda de acordo com a atriz, o homem que teria assassinado seu pai não está vivo hoje em dia e nunca chegou a ir a julgamento. A íntegra da entrevista poderá ser vista a partir das 17h no canal do YouTube Link Podcast.

Publicidade
Publicidade