in

João Camargo, CEO da SCOPE MEDIA, comenta sobre polêmicas envolvendo Bianca Andrade: ‘O sucesso incomoda’

João Camargo, empresário e especialista em marketing de influência, explica os motivos pelos quais Bianca Andrade segue sendo alvo de polêmicas.

Divulgação

Nos últimos dias, o nome da Bianca Andrade, conhecida por alguns como Boca Rosa, voltou a ocupar os trending topics do twitter. A influenciadora já está acostumada a ter a sua conduta comentada e criticada por milhares de pessoas, mas agora o foco dos internautas é outro: o seu relacionamento com Fred.

Publicidade

Bianca Andrade é casada com o apresentador Fred, com quem tem um filho chamado Cris. Recentemente, um perfil de fofoca do TikTok afirmou que ela estava sendo traída. Os dois vieram a público e negaram todas as acusações. No entanto, o assunto voltou a ser pauta nas redes sociais.

Eles não vão parar. As pessoas não ficam satisfeitas até que se provem que elas estavam certas. Infelizmente, quem trabalha com a internet precisa aprender a lidar com isso. A Bianca já tem mais de 16 milhões de seguidores, é muita gente querendo opinar sobre a sua vida”, dispara João Camargo, CEO e founder da Scope Media, agência especializada em marketing de influência.

Publicidade

Por assessorar diversos nomes do meio, o empresário vê de perto o ônus e o bônus de ser influenciadora digital. A falta de privacidade e as críticas incessantes tornam o processo difícil e cansativo. “Os seguidores cobram posicionamento, cobram conteúdo e também querem estar por dentro de tudo o que acontece na vida do influenciador. Mas eles se esquecem que por trás dos stories existe uma pessoa comum, que fica estressada, triste, com raiva e que erra e acerta. Eles esperam demais e é muito exaustivo para os criadores de conteúdo quando eles não conseguem suprir essa expectativa”, comenta.

Publicidade

Sobre o caso de Bianca Andrade, Camargo enxerga uma realidade bem simples. Segundo ele: “O sucesso incomoda, ainda mais vindo de uma mulher. As pessoas não estão acostumadas a ver uma mulher que veio da comunidade conquistar o mundo desse jeito. Isso assusta”.

Publicidade

Bianca começou a fazer vídeos no YouTube aos 16 anos. Seu canal, intitulado Boca Rosa na época, hoje leva o seu próprio nome e conta com quase 6 milhões de inscritos. Além disso, é proprietária do Boca Rosa Beauty, linha de maquiagem; e Boca Rosa Hair, para os cabelos.

Publicidade