in

Angélica desabafa sobre perda de pessoa próxima em razão da transfobia: ‘Uma dor’

A apresentadora usou as redes sociais para pedir respeito para a comunidade LGBTQIA+.

Jornal O Dia | Divulgação

Nesta terça-feira (25), Angélica resolveu usar as redes sociais para fazer um desabafo. De acordo com o Jornal O Dia, a apresentadora lamentou a morte de Babalu Vendraminy, uma fã que a acompanhava há vários anos. Segundo Angélica, Babalu tirou a própria vida após ser vítima de ataques transfóbicos. 

Publicidade

Através de seus stories, a esposa de Luciano Huck pediu respeito para a comunidade LGBTQIA+ e trouxe dados alarmantes sobre a morte de travestis e pessoas trans no Brasil. Angélica disse, ainda, que, em contrapartida, nós somos o país que mais consome conteúdo pornográfico. A apresentadora compartilhou uma série de momentos com Babalu ao longo de sua carreira.

A loira afirmou que a fã de longa data havia posto fim à própria vida devido ao preconceito e a violência. Angélica relembrou que a Babalu esteve presente em sua vida durante por muito tempo, desde o início de sua carreira. Angélica prestou condolências à família da fã e pediu que sua passagem fosse tranquila.

Publicidade

“Respeito. Hoje vim falar de respeito. Uma dor, na verdade. Nós vivemos em uma sociedade opressora, em um país que tem a maior taxa der mortalidade de travestis e pessoas trans“, escreveu a mãe de Eva, Benício e Joaquim.

Publicidade

Novo programa

Angélica segue apresentando seu novo programa, Jornada Astral, exibido na HBO Max. Nesta terça (25), a loira usou seu perfil no Instagram para compartilhar o look que usará no próximo episódio do programa falando sobre o signo de Aquário. Nos comentários da publicação, Angélica recebeu elogios de fãs e seguidores.

Publicidade
Publicidade