in

Silvio Santos cometeu agressão moral contra Rachel Sheherazade, diz Justiça; SBT é condenado

A emissora foi condenada pela Justiça de São Paulo por um comentário misógino feito por Silvio Santos em 2017.

Reprodução/SBT

A Justiça de São Paulo entendeu que o dono do SBT, Silvio Santos, cometeu agressão moral contra Rachel Sheherazade na emissora. Em uma ação judicial, a emissora de Silvio Santos foi condenada por um comentário considerado misógino feito pelo apresentador do baú em 2017, no Troféu Imprensa.

Publicidade

Um processo movido por Rachel na 3ª Vara do Trabalho de Osasco, em São Paulo, acabou resultando na condenação do SBT. A emissora deve pagar uma indenização moral para a jornalista.

Na decisão, o juiz Ronaldo Luís Oliveira considerou que Silvio Santos “lembrou” Sheherazade, em cadeia nacional, que a contratação dela aconteceu por conta de sua voz e beleza, apenas para ler as notícias, não para que desse a sua opinião.

Publicidade

No documento, o magistrado ainda destacou um dos comentários feitos por Silvio Santos na época. O comunicador disse para a jornalista que ela havia começado a fazer comentários políticos na emissora e destacou ter a contratado apenas para ler notícias. Em seguida, ele ainda disparou que se Sheherazade quisesse fazer política, deveria comprar uma emissora de televisão e ir fazer por conta própria. “Aqui não”, concluiu Silvio.

Publicidade

O juiz afirmou que a situação criada pelo dono da emissora acabou constrangendo Rachel. Ronaldo Luís Oliveira destacou que, após ter discordado de uma opinião feita pela jornalista, manifestada por ela em tom visivelmente constrangido, o apresentador disparou que, na verdade, ela havia sido contratada para continuar com a sua beleza e voz.

Publicidade
Publicidade