in

13 Reasons Why se reinventa em sua terceira temporada com narrativa impecável

Netflix

Bryce Walker está morto. E quem matou ele? Basicamente, o trailer entrega de bandeja  a trama principal da terceira temporada de 13 Reasons Why, sem contudo comprometer tudo que a terceira temporada tem a oferecer, especialmente considerando que o seriado calou a boca de muita gente ao produzir não só uma terceira, mas também uma segunda temporada de qualidade, mantendo o nível do original. 

Publicidade

Agora, as 13 razões se desvinculam, ao menos superficialmente, do suicídio de Hanna Baker, e se transformam na discussão de motivos (e potenciais autores) para o assassinato do jovem, que ao final foi responsável por Hanna tirar a própria vida. E, ao fazer essa análise, a série desconstrói os amigos personagens das fitas, mostrando como todos eles tem o potencial não só de se ajudar, como também de ferir aos outros e a si mesmos. Tudo enquanto mostra como Bryce não era somente um monstro, mas tinha sonhos, medos, inseguranças e até mesmo bons pensamentos, culpa e vontade de melhorar. Seria piegas, se não tivesse sido feito com uma precisão cirúrgica, sem visar a pena, somente a reflexão, tentando afastar a ideia de mudança radical ou bom mocismo, mas mostrando que existe algo mais ali, e que todos os personagens tem mais de um lado. 

Se o seriado teve o mérito de se reinventar sem sair do próprio universo, ele peca ao esquecer um pouco sua origem, e ao invés de tratar somente do tema original, se desdobra em todas mazelas adolescentes, e arrisca ir além, falando com os adultos e seus problemas, suas imperfeições e o fato de serem tão agentes como vítimas de atos de violência física e psicológica, gerando uma nuvem negra sobre a série, talvez um pouco além do que o necessário. 

Publicidade

Ainda que por vezes seja soturno demais, a habilidade do time narrativo se supera de modo magistral e consegue segurar o suspense e a tensão como se fosse um filme desses gêneros. Desde o trailer, se sabe do assassinato, mas cada episódio mostra um assassino potencial, e somente no último momento o mistério é revelado. E não bastasse a belíssima narrativa, todos os outros artifícios de produção acompanham a qualidade elevada, como fotografia, trilha sonora e iluminação. 

Publicidade

13 Reasons Why é uma série pesada, mas importante, crua e corajosa e ainda que flerte com um sensacionalismo depressivo, continua a ser uma das grandes produções não só da Netflix, como da televisão moderna, ainda que ao final da temporada se fique com um mesmo sentimento na boca que se tem ao ler Memórias Póstumas, no célebre trecho: “não tive filhos, não transmiti a nenhuma criatura o legado de nossa miséria”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bene!

Um curioso acima de tudo. Amante das artes, busco viver sem rótulos e explorar o que a alma pede. Escrevo sobre o que gosto, amo, odeio, me faz pensar e me faz sentir. Espero que minhas ideias, palavras e ações sejam meu legado. Bem vindos e espero que gostem.