in

Dinheiro acabou? Naiara Azevedo entrou no BBB com dívida milionária que ultrapassa o valor do prêmio

A cantora está sendo processada por um banco e uma produtora de eventos.

Foto: UOL/ Divulgação

A cantora Naiara Azevedo ficou conhecida após lançar a faixa 50 reais em 2016. Seis anos depois, a artista aceitou o convite para ir para casa mais vigiada do Brasil e está compondo o grupo camarote desta edição do Big Brother Brasil 2022. De acordo com informações do Portal Em OFF, a cantora aceitou devido a um motivo específico: dinheiro.

Publicidade

Segundo o colunista Erlan Bastos, a cantora tem dívidas milionárias tramitando no Tribunal de Justiça de Goiás e do Paraná com um valor altíssimo. A sertaneja tem uma dívida com um banco e com uma produtora de eventos que juntas ultrapassam R$ 4,3 milhões.

O Portal Em OFF teve acesso a uma ação que está sendo movida pelo Banco do Brasil S/A contra Naiara. No processo, o banco está cobrando uma dívida de cerca de R$ 1.003.732,33. De acordo com decisão da Justiça do Paraná, a cantora tem 15 dias para contestar a cobrança e indicar argumentos de defesas.

Publicidade

Caso Naiara não faça o pagamento da dívida, a sertaneja pode ter seus bens penhorados para pagar o valor da cobrança feita pela instituição financeira. “Não havendo pagamento, observe o Sr. Oficial de Justiça a eventual indicação pelo exequente de bens passíveis de penhora”, diz um trecho do documento.

Publicidade

No texto, o Tribunal de Justiça do Paraná esclarece que a cantora pode dividir a dívida em seis prestações. No entanto, ela precisa pagar 30% do valor e dividir o restante em seis vezes. Assim, Naiara precisa levantar uma quantia de 300 mil e depois uma quantia de aproximadamente 100 mil por mês, com acréscimo de 1% de juros.

Publicidade

A cantora também está respondendo a um processo junto com seu ex-marido Raphael Cabral movido por uma produtora de Goiás. A empresa de eventos cobra cerca de R$ 3.339.044,33 do ex-casal.

Até agora, Naiara teve apenas R$ 32 mil bloqueados de suas contas pessoais pela Justiça, o que não dá nem para o começo. No processo, a cantora e o ex-marido pediram que os credores aguardem até o fim da pandemia para a efetivação do pagamento da dívida milionária.

Publicidade