in

Cantor gospel chora em enterro da mãe, vítima de crime bárbaro: ‘Me inspirava’

Durante o enterro da mãe, cantor desabou em lágrimas e desabafou sobre crime bárbaro.

(Reprodução/TV Anhanguera/Fotomontagem)

Um crime bárbaro ocorrido na última sexta-feira (14) chocou a comunidade de Goiânia, em Goiás. A pastora Rosalina da Costa, de 79 anos, foi atacada na Igreja Assembleia de Deus, onde foi espancada e acabou morta. 

Publicidade

Durante o enterro da pastora, ocorrido na manhã deste sábado (15), o cantor gospel, Delino Marçal, filho de Rosalina, desabou em lágrimas e fez um desabafo emocionado sobre a importância da mãe em sua vida. A cerimônia fúnebre ocorreu no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. O suspeito do crime acabou preso em flagrante.

Em sua fala à TV Anhanguera, filiada à TV Globo no estado de Goiás, Delino lamentou a morte da mãe e chorou a saudade de sua grande incentivadora. “Além de incentivadora, minha mãe era uma pessoa que me inspirava“, contou. “Ela tinha sempre um pensamento positivo”, completou ele em seu relato.

Publicidade

Bastante querida pela comunidade, o funeral de Rosalina contou com uma presença massiva de pessoas, como amigos, familiares e integrantes da comunidade evangélica da qual fazia parte e desenvolvia trabalhos sociais bastante significativos, sobretudo durante a pandemia. “A comunidade se alimentava das cestas que ela recolhia e entregava”, destacou o pastor Mac Anderson, amigo de Rosalina..

Publicidade

Entenda o crime bárbaro que vitimou Rosalina

O caso ocorreu na Igreja Assembleia de Deus, na última sexta, quando a pastora foi atacada, agredida e posteriormente morta. O suspeito, segundo a Polícia Civil, tem 22 anos, teria tido um surto psicótico, invadiu a igreja, trocou socos com um homem e depois partiu para cima da idosa, a quem atacou com um objeto de metal e, posteriormente, fugiu.

Publicidade
Publicidade