in

Fontenelle diz que Batoré não ‘passava de um covarde’ e dispara: ‘Não é porque faleceu que passou a ser santo’

Após falecimento do humorista, a apresentadora se pronunciou e não poupou críticas ao artista.

Instagram Antonia Fontenelle / UOL / Montagem Ghean Ferandes

Na última segunda-feira (10) a notícia do falecimento de Batoré, aos 61 anos, pegou o público de surpresa e deixou o humor no Brasil mais uma vez em luto. O humorista, que lutava contra um câncer, não resistiu e acabou perdendo a batalha para a doença. Batoré contou com inúmeras homenagens de pessoas queridas, mas também sofreu com duras críticas por parte de Antonia Fontenelle.

Publicidade

No mesmo dia em que os fãs do humorista receberam a triste notícia de sua perda, Antonia Fontelle também resolveu se pronunciar a respeito do falecimento de Batoré. Sem papas na língua, a apresentadora não poupou críticas ao artista, com quem teve uma briga judicial.

“Pra mim ele não passava de um cara covarde, machista”, Disparou Antonia Fontenelle, dizendo ainda que o humorista havia sido cruel com ela, sem nunca ter a visto na vida. “Não é porque ele morreu, que ele passou a ser santo e vai morar com Deus”, encerrou a apresentadora após soltar um palavrão ao comentar o falecimento do artista.

Publicidade

A briga judicial de Antonia e Batoré

O desentendimento entre Antonia Fontenelle e Batoré começou em 2019, quando a apresentadora fez algumas críticas ao estado de Alagoas e deixou Batoré incomodado. “Cuidado quando vocês forem para Alagoas”, disse a influenciadora digital à época, rendendo comentários negativos ao estado. Na ocasião, o humorista teria chamado Antonia Fontenelle de “rapariga” e acabou processado por ela.

Publicidade

Antonia Fontenelle pediu indenização de R$ 110 mil por danos morais, conforme informou o site Metrópoles. O portal de notícias não mencionou como anda o processo na justiça atualmente.

Publicidade
Publicidade