in

Márcio Victor se pronuncia após colocar Padre Fábio para dançar o Lepo Lepo no Domingão: ‘Me desculpa por tudo’

Vocalista do Psirico usou o Instagram para falar a respeito do ocorrido no último domingo (9).

Instagram Márcio Victor / POPline

No último domingo (9), a participação de Márcio Vitor e Padre Fábio de Melo no Domingão, da Rede Globo, deu o que falar entre os telespectadores do programa. Por meio das redes sociais, muitos que assistiram ao programa repercutiram o momento em que o vocalista do Psirico coloca o sacerdote para dançar o Lepo Lepo, seu maior hit. Após polêmica, o cantor baiano se pronunciou sobre o ocorrido por meio do Instagram.

Publicidade

Em meio a outros artistas convidados por Luciano Huck para participação no Domingão, Márcio Victor colocou todo mundo para dançar sua música, e nem mesmo Padre Fábio de Melo escapou do swing baiano. Com o refrão de Lepo Lepo, o cantor se aproximou do sacerdote, que estava sentado, e o chamou para dança.

Meio sem jeito, Padre Fabio de Melo chegou a fazer alguns passos do famoso hit de Márcio Victor, o que acabou gerando toda repercussão por parte de quem acompanhava a atração comandada pelo marido de Angélica, na Globo. Muitos internautas não concordaram com a atitude do padre e renderam críticas ao religioso.

Publicidade

“Que vergonha! Fábio de Melo devia renunciar à ordem, porque padre ele já não é há muito tempo”, disse um internauta. Ainda foram feitas críticas contra a Rede Globo e Luciano Huck por colocarem o Padre Fábio de Melo em tal situação.

Publicidade

Diante da polêmica que se formou na web, Márcio Victor rompeu o silêncio e usou o Instagram para se pronunciar sobre a tal situação protagonizada por ele e o padre no palco do Domingão. “Me desculpa por tudo Padre. Mas o Psirico é isso, alegria, respeito e irreverência”, escreveu o cantor ao compartilhar o vídeo com o momento que deu o que falar.

Publicidade

Com a publicação, o vocalista do Psirico recebeu o apoio dos fãs, que repercutiram de forma positiva sua atitude com o Padre Fábio de Melo. O sacerdote não se pronunciou sobre o ocorrido.

Publicidade