in

Carlos Alberto de Nóbrega ficou sem chão e teve que ser medicado ao saber do falecimento de Batoré

Filho do apresentador de “A Praça é Nossa” falou sobre a reação de seu pai.

REPRODUÇÃO/SBT

A morte do humorista Ivanildo Gomes Nogueira, confirmada na tarde dessa segunda-feira (10/01) pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirituba, em São Paulo, abalou toda uma geração de fãs que consomem humor. Ivanildo deu vida ao personagem Batoré por quase três décadas e faleceu em decorrência de um câncer.

Publicidade

Em sua carreira, Ivanildo fez algumas participações no “Programa Silvio Santos” e chegou até a fazer um papel sério na novela da Globo “Velho Chico”, mas foi em “A Praça é Nossa” que Batoré viveu o auge do seu sucesso, durante a década de 90.

O humorista deixou o programa do SBT em 2004, quando foi demitido da emissora. Na época, Batoré achou que foi Carlos Alberto de Nóbrega o responsável por sua demissão, e por isso os dois deixaram de se falar. Anos mais tarde, o comediante descobriu que partiu de Silvio Santos a decisão de demiti-lo e se reaproximou de Nóbrega.

Publicidade

Os dois se reconciliaram em 2017 no programa “Domingo Legal” e Batoré voltou para a “Praça” em 2019, saindo do programa novamente em 2020, dessa vez por conta da pandemia. O diretor do programa e filho de Carlos Alberto, Marcelo de Nóbrega, disse que estava pensando em pedir a volta de Batoré quando ficou sabendo da morte do humorista.

Publicidade

Marcelo disse ainda que seu pai teve que ser medicado por conta da morte do amigo: “Meu pai está em choque […] Ele está muito triste, tomou calmante para dormir“. O filho de Carlos Alberto revelou que foi um choque para ele também, já que não sabia que o humorista estava doente.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com