in

Batoré, ícone da Praça, perde batalha contra o câncer; humorista e Carlos Alberto ficaram 13 anos sem se falar

O ator perdeu a batalha contra o câncer e acabou perdendo a vida nesta segunda-feira, 10 de janeiro.

Reprodução UOL

Morreu nesta segunda-feira, 10 de janeiro, aos 61 anos de idade, o ator e humorista Ivanildo Gomes Nogueira, conhecido no meio artístico como Batoré. O artista já foi um dos grandes ícones do programa humorístico do SBT, A Praça é Nossa, que tem como apresentador Carlos Alberto de Nóbrega. Infelizmente, Batoré acabou perdendo a dura batalha contra o câncer.

Publicidade

O humorista faleceu na UPA – Unidade de Pronto Atendimento de Pirituba, que fica localizada na região da Zona Norte da capital paulista. As informações médicas foram repassadas para os familiares do ator e a Secretaria Municipal de Saúde do município lamentou o acontecimento, segundo nota que foi emitida pela Prefeitura.

Ivanildo Gomes, o Batoré, era natural da cidade de Serra Talhada, estado de Pernambuco. O artista foi viver no estado de São Paulo quando ainda era criança. Antes de seguir a carreira de ator, ele se aventurou em outras carreiras. O humorista também tentou a sorte no esporte e chegou a jogar futebol integrando as categorias de base em times paulistas.

Publicidade

Contudo, foi com o seu principal personagem, Batoré, que o artista ganhou notoriedade com o público e conquistou uma vaga no elenco da Praça é Nossa. No ano de 2016, o ator integrou o elenco da novela da Rede Globo Velho Chico. Na trama que foi um dos grandes sucessos da emissora, ele deu vida ao delegado Queiroz.

Publicidade

Além da sua brilhante carreira artística, Ivanildo acabou trilhando carreira na política. Ele foi vereador na cidade de Mauá, Grande São Paulo, por dois mandatos pelo PP – Partido Progressista.

Publicidade

Briga com Carlos Alberto de Nóbrega

O apresentador da Praça é Nossa e o humorista Batoré ficaram 13 anos com a relação estremecida. Eles acabaram cortando a relação no ano de 2003, quando Batoré deixou o SBT. Alguns anos depois, o humorista desabafou sobre sua saída da emissora do apresentador Silvio Santos, dizendo que tinha um dos maiores salários e explicou que a demissão teria ocorrido por esse motivo.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.