in

Medrado detona vizinho que fez ataque homófóbico contra seu filho: ‘Vai pedir desculpas pro meu filho, sim’

A ex-participante de A Fazenda 13 abriu live, xingou o vizinho e até chamou a polícia em seu apartamento.

Reprodução/Instagram/@medradome/A Fazenda 13

A ex-participante de A Fazenda 13, Fernanda Medrado usou as redes sociais para soltar o verbo após ter presenciado uma cena envolvendo o seu filho e um de seus vizinhos. Na sexta-feira, 8, a ex-peoa abriu uma transmissão ao vivo para relatar ter ouvido o seu filho caçula sendo alvo de ataques homofóbicos por parte de um dos vizinhos do condomínio onde eles moram.

Publicidade

A cantora começou relatando ter ouvido da sua janela o momento em que o vizinho, a quem ela se refere com vários xingamentos, chamando o seu filho de “mariquinha”. “Eu quero ver mexer com meu filho”, disparou a ex-participante do reality da Record TV. Medrado disse que tá para nascer quem vai mexer com seu filho e dispara que “mariquinha é o c****”.

Medrado diz que se o tal vizinho gosta de fazer as pessoas passarem vergonha, agora ele é quem iria passar vergonha para que todos saibam que ela mora ao lado de um homofóbico e preconceituoso. Ela destaca ter nojo de pessoas preconceituosas e diz que se ele faz isso com uma criança, imagina o que faz com outras pessoas na rua. “Não vou deixar passar”, avisou.

Publicidade

Pouco tempo depois, a ex-fazenda compartilhou por meio dos Stories do Instagram, uma foto na qual aparecem algumas viaturas da polícia em frente ao seu prédio. Neste momento, Medrado deu a entender que o vizinho só iria descer com a presença da polícia e, diante disso, disparou: “Vai pedir desculpas pro meu filho, sim”.

Publicidade

Fernanda é mãe de Bryan e Josh, frutos do seu relacionamento com o DJ Claytão.

Publicidade

Vale lembrar que em A Fazenda 13, Medrado chegou a relatar o motivo que levou o seu casamento com Claytão chegar ao fim. Segundo a cantora, o DJ surtou ao ver uma mensagem em seu celular, no entanto, segundo ela, a forma dele surtar “passou do ponto”.

Publicidade