in

Antes de falecer, Dercy Gonçalves ganhou processo milionário contra a Globo

Uma das primeiras estrelas do canal de Roberto Marinho, Dercy deixou a emissora e procurou a justiça.

Foto: CEDOC / TV GLOBO

Dercy Gonçalves faleceu no ano de 2008 mas não deixa de ser lembrada até os dias de hoje como uma das principais estrelas da história da comédia nacional.

Publicidade

Conhecida por não ter papas na língua e abusar dos palavrões, Dercy foi uma das primeiras estrelas da Rede Globo. O canal de Roberto Marinho contou com Dercy em seu casting em programas como o Dercy Comédias e o Dercy de Verdade, tendo feito uma série em homenagem à artista em 2012.

Porém, nem tudo foram flores na relação entre as partes. Com problemas envolvendo a Censura Federal do regime militar, a Globo mudou boa parte de sua grade de programação, tirando do ar os programas que contavam com Dercy no elenco.

Publicidade

A comediante, que ganhava cerca de 80 mil cruzeiros mensais, um dos maiores do canal, deu uma entrevista ao Jornal do Brasil em 1980 onde falou sobre tentarem “enfocar a rainha”. Nas palavras da própria Dercy, seu nome estava proibido de ser usado por qualquer rede de TV, mas ela se opôs à imposição do canal: “eu tenho um fôlego de sete gatos, aí é que se deram mal”.

Publicidade

A artista venceu um processo contra a Globo que lhe rendeu uma enorme quantia em dinheiro. Ela ganhou 4 bilhões de cruzeiros na ação movida contra a rede da Família Marinho.

Publicidade

Mesmo assim, ela chegou a voltar a aparecer na telinha do canal: em 1989 Dercy participou de Que Rei Sou Eu? e em 1992 de Deus nos Acuda. Poucos artistas que processaram a TV Globo conseguiram reaparecer na tela do canal sem vetos. Dercy, inclusive, era figurinha carimbada no quadro Jogo da Velha, do Domingão do Faustão.

Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.