in

Sidney Portier, ator de 94 que faleceu, fez história na cerimônia do Oscar

Artista foi o primeiro homem negro a vencer a disputa pela estátua dourada do cinema.

Divulgação (Reprodução: Prepara Enem)

Faleceu, aos 94 anos, o ator Sidney Poitier, um dos astros mais aplaudidos do cinema norte-americano e primeiro ator negro a ganhar um Oscar e deixar sua marca na indústria cinematográfica. A morte do artista foi confirmada pelo ministro das Relações Exteriores das Bahamas, Fred Mitchell. Sidney viveu no local nos últimos momentos de sua vida.

Publicidade

Sidney se destacou, ao longo de sua vida, como um ativista pelos direitos humanos. A população negra foi o principal alvo de seus protesto e luta. No ano de 2002, ele foi premiado pela Academia por sua contribuição ao cinema e às artes durante sua vida profissional.

Primeiro ator negro a vencer o Oscar morre, aos 94 anos

Sidney Portier ganhou sua estatueta do Oscar em 1964. Na ocasião, ele havia feito o filme ‘Uma voz na sombra’, de 1963. Antes, ele havia sido indicado como Melhor Ator por participar do filme ‘Acorrentados’, de 1958. Veja abaixo uma foto de Sidney Portier.

Publicidade

Em Hollywood, Portier é um dos nomes mais aplaudidos, por sua passagens em clássicos da sétima arte, tais como: No Calor da Noite (1967), Adivinhe Quem Vem Para Jantar (1967), O Sol Tornará a Brilhar (1961) e Ao Mestre, Com Carinho (1967). A igualdade racial e a luta por direitos da população negra eram pautas frequentes de seus trabalhos, e ele fazia questão de reverberar por meio de sua expressão corporal e teatral.

Publicidade

Portier conseguiu ser considerado também como o primeiro homem negro galã de cinema, ídolo das gerações dos anos 1950 e 1960. Seus trabalhos buscavam fugir do estereótipo racista, antes em destaque nas telas. Ele nasceu em Miami, em 1927.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.