in

Criticada por Bolsonaro e ofendida por apresentador, Ivete Sangalo recebe apoio de Fernanda Abreu

A dona hit Rio 40 Graus rendeu elogios à baiana e criticou governo de Jair Bolsonaro.

Jornal Extra | Reprodução Globo

Na última semana, a cantora Ivete Sangalo foi envolvida em uma polêmica, após incentivar o público a protestar contra o governo de Jair Bolsonaro em um show realizado em Natal. O presidente, que estava internado devido a uma obstrução intestinal, mencionou a cantora durante um pronunciamento após ser liberado do hospital.

Publicidade

Jair Bolsonaro afirmou que, em seu governo, a Lei Rouanet, que beneficia artistas que estão começando a carreira, teve uma queda drástica em seu orçamento, e que isto estaria incomodando artistas como Ivete Sangalo e Zé de Abreu. O presidente ressaltou que a “teta gorda” destes famosos teria chegado ao fim.

Na última quinta-feira (6), Luiz Almir, apresentador da Band Rio Grande do Norte, chamou a cantora de “vagabunda” e proferiu outras ofensas à baiana durante seu programa. Após toda a repercussão, artistas como Felipe Neto, Tico Santa Cruz  e Ingrid Guimarães saíram em defesa da cantora.

Publicidade

Fernanda Abreu também usou as redes sociais para elogiar Ivete Sangalo e criticar o atual governo. A dona do hit Rio 40 Graus afirmou que a baiana teria conquistado uma linda carreira de quase três décadas pelo fruto de seu trabalho. Fernanda ainda chamou Bolsonaro de “Zé Ninguém mentiroso“.

Publicidade

Cabe ressaltar que Ivete Sangalo não é beneficiada pela Lei Rouanet, como afirmou Jair Bolsonaro. Segundo o Jornal Extra, no portal de visualização do sistema de apoio às leis de incentivo à cultura, Versalic, constam alguns projetos com o nome da cantora, mas nenhum possui proposta ativa.

Publicidade
Publicidade