in

Cancelado após polêmica com garis, Boris Casoy volta à TV e debocha: ‘Não vou para agradar’

Jornalista foi ‘cancelado’ após falar mal de garis nos bastidores de jornal; apresentador recebeu nova proposta.

Rede TV! / Reprodução

O jornalista Boris Casoy falou sobre sua volta para a televisão, após um afastamento sem data para retorno em março de 2020. O apresentador estará no ar na CNN muito em breve e mandou um recado para pessoas que queiram ‘cancelá-lo’ daqui para frente. Ele será comentarista na CNN Brasil.

Publicidade

Com 80 anos, Boris Casoy está cheio de energia para voltar a trabalhar e é conhecido no meio jornalístico por incluir sua opinião nos telejornais. O profissional de comunicação mandou uma indireta para quem quiser falar mal dele: “Não vou para agradar“. 

Boris Casoy foi duramente criticado e processado após um episódio em 2009, quando foi flagrado falando mal de garis durante um intervalo da programação. Os varredores de rua foram alvo de um áudio vazado, debochando da profissão. Na ocasião, Boris riu dos garis, desejando feliz ano novo “do alto de suas vassouras. O mais baixo na escala do trabalho“. A situação pegou mal, e Casoy foi processado.

Publicidade

Boris Casoy volta à TV, sem medo de ser ‘cancelado’

Em uma entrevista recente, o apresentador falou para o site Notícias da TV que não tem medo do que falem sobre ele. Boris Casoy está empolgado para retornar à atividade. “Não vou para a CNN, como não vou para nenhum órgão de imprensa, para agradar. Vou para exercer a profissão de jornalista e colaborar com o meu país o quanto puder”, falou Boris Casoy.

Publicidade

O jornalista apresentará o quadro ‘Liberdade de Opinião’, com Fernando Molica, no ‘CNN Novo Dia’. A ideia do programa é inserir comentários opinativos ao longo do jornal, ao invés de um quadro separado.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.