in

BBB22: antes mesmo da estreia, edição já é a mais lucrativa da história; quanto o programa deve faturar?

O Big Brother Brasil 22 já conta com o patrocínio de 11 grandes empresas e, com isso, já é considerada a mais lucrativa do reality show.

Reprodução/TV Globo

O Big Brother Brasil 22 promete render à Rede Globo ao menos R$ 700 milhões em patrocínios e merchandising. De acordo com informações divulgadas pelo portal de notícias Yahoo, quase todas as cotas já foram contratadas por anunciantes. Diante disso, a próxima edição do reality show já vem sendo considerada a mais lucrativa da história do programa.

Publicidade

Vale destacar que em 2021, a 21ª edição do BBB lucrou R$ 530 milhões com o patrocínio de oito grandes empresas. Mas não foi só isso. Durante a edição, os lucros aumentaram ainda mais, já que empresas decidiram bancar provas e festas do reality show. Ainda não se sabe ao certo o valor final dos lucros do BBB21, no entanto, já que sabe que a temporada contou com 21 anunciantes que, juntos, promoveram mais de 196 ações de vários tipos.

O Big Brother Brasil 22 já conta com o patrocínio de 11 grandes empresas. Entre elas, MCDonald’s, P&G, Americanas e Avon.

Publicidade

Ainda de acordo com o divulgado pelo Yahoo, há uma grande diferença de valores no investimento das marcas. A Avon, Americanas e PicPay, por exemplo, compraram a cota Big do reality, por isso, estão investindo mais de R$ 91 milhões cada. Já marcas como a C&A, P&G, Seara e Heineken optaram por adquirir a cota Camarote e, assim, investem mais de R$ 69 milhões cada.

Publicidade

Há também a cota Brother, que foi criada para esta edição do BBB. Nela, estão as empresas que investem quase R$ 12 milhões no programa, no entanto, vale destacar que tal cota proporciona uma visibilidade inferior para a marca à quem optou por pagar mais.

Publicidade
Publicidade