in

Antes de falecer, cantor Maurílio foi vítima de fake news por parte de Eduardo Bolsonaro

O artista faleceu vítima de uma tromboembolia pulmonar, após duas semanas no hospital.

Contigo - Reprodução/Instagram

A morte do cantor Maurílio tem provocado grande repercussão no Brasil inteiro. O artista, de 28 anos, estava internado há duas semanas após ser vítima de três paradas cardíacas durante uma apresentação ao lado de sua companheira de dupla, Luiza.

Publicidade

Antes de morrer, Maurílio foi vítima de uma notícia falsa por parte do deputado Eduardo Bolsonaro. Isso porque o político, que é filho do atual presidente da república, associou o problema e saúde do sertanejo à vacinação.

Eduardo pegou duas fotografias de Maurílio, nas quais o cantor aparecia sendo imunizado contra a Covid-19, e juntou à um print de uma notícia sobre as paradas cardíacas do sertanejo, dando a entender que havia relação entre as duas coisas.

Publicidade

Mas Maurílio faleceu em decorrência de uma tromboembolia pulmonar, problema ao qual o sertanejo tinha predisposição. Esse fato confirma que a morte do famoso não tem relação com as doses do imunizante, como queria mostrar Eduardo.

Publicidade

O falecimento de Maurílio foi divulgado nesta tarde e deixou o público de luto. Diversos famosos como Gabi Martins, Wesley Safadão e Dilsinho foram às redes sociais para se despedir e lamentar a morte do artista, que era casado.

Publicidade

A mulher de Maurílio, Luana Ramos, havia pedido orações pelo marido há algumas horas. A companheira de dupla do famoso também chegou a se manifestar em sua rede social em corrente pela melhora do amigo e parceiro.

Até o momento, a família de Maurílio não se pronunciou sobre o falecimento nem deu informações sobre seu velório e sepultamento.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.