in

Famosos passam por perrengue e fazem acusações em evento na Bahia: ‘uma extorsão, uma vergonha’

Segundo fontes, o transporte local de Barra Mansa está cobrando valores absurdos para levar os artistas até o evento.

Foto: Reprodução/ portal Em off

Os famosos que decidiram passar o pré-Réveillon em Barra Mansa, na Bahia, estão passando por muitos perrengues. Segundo fontes da coluna de Fábia Oliveira, do portal ‘Em off’, o evento Mil Sorriso tem deixado a desejar por falta de organização.

Publicidade

De acordo com a colunista, a principal reclamação está sendo em relação aos meios de transportes que estão escassos. Por conta disso, os poucos meios de transportes que tem na cidade estão cobrando valores absurdos dos passageiros. Por falta de opção, os artistas estão tendo que pagar altos valores para se locomover na cidade e para ir para o evento.

Uma fonte ouvida pelo portal ‘Em off’ disse que para ir para a festa os carros particulares estão cobrando cerca de R$200 a R$300 e que na volta eles aproveitam que a pessoa está cansada e muitas vezes embreagada e cobram mais caro ainda.

Publicidade

A fonte não identificada disse que chegou a pagar R$800 para se locomover de moto. “Uma extorsão, uma vergonha. Cheguei domingo e já gastei R$ 800 de moto”, desabafou a mulher.

Publicidade

A fonte ainda disse que os motoristas estão cobrando cerca de R$80 a R$100 em trechos curtos em que a corrida seria, no máximo, R$10. Os turistas que foram em busca de diversão na cidade estão tendo que pagar esses altos valores, já que o evento Mil Sorriso não disponibilizou um transporte oficial para levar as pessoas.

Publicidade

Para amenizar o prejuízo, os famosos alugaram quadriciclos para se locomover na cidade. Os famosos que estão no evento são o jogador Gabigol, a ex-peoa Lary Bottino, a ex-BBB Kerline Cardoso, o cantor João Guilherme, entre outros artistas.

Além da  suposta extorsão do transporte local, os turistas estão enfrentando muitas chuvas e, consequentemente, muita lama e sujeira. “Depois das chuvas, zero cuidado com o público. A cidade está cheia de lama”, desabafou a fonte, demonstrando arrependimento em ter escolhido o destino para curtir as festas do fim de ano.

Publicidade