in

MC Boco do Borel é assassinado a tiros em Pernambuco; ex-parceiro lamenta perda

De acordo com informações do DHPP, um homem, que usava touca ninja e cobria o rosto, foi até a frente do palco e disparou.

Reprodução/Instagram/@bocooficial1

O funkeiro MC Boco do Borel, pioneiro do brega funk, foi assassinado a tiros na madrugada deste domingo, 26. O funkeiro foi morto enquanto se preparava para um show em um bar em Serrambi, próximo a Porto de Galinhas (PE).

Publicidade

De acordo com informações passadas à TV Jornal pela DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), o cantor estava iniciando seu show quando um homem, que estava cobrindo o rosto com uma touca ninja, foi até a frente do palco e atirou. O estabelecimento onde o MC se apresentava não tinha câmeras de segurança.

O funkeiro chegou a ser socorrido, mas não resistiu. De acordo com a perícia, ele teve cerca de 15 perfurações pelo corpo, inclusive, na região da cabeça.

Publicidade

MC Boco do Borel ficou preso um 1 e 4 meses por tráfico de drogas e estava nas ruas desde outubro, mas a morte não teria ligação com a prisão, de acordo com informações iniciais.

Publicidade

Ex-parceiro e também cantor, Sheldon lamenta morte de MC Boco 

Publicidade

A morte de MC Boco do Borel foi lamentada por alguns cantores da cena do brega funk. MC Sheldon, que já chegou a formar dupla com Borel no passado, usou o Instagram para lamentar a morte do MC. Sheldon destacou que não tinha palavras para expressar o tamanho de sua tristeza e lembrou que ele e Boco superaram obstáculos e preconceitos da vida juntos.

Sheldon ainda lamentou o fato de não ter tido a oportunidade de dizer a Boco o quanto o amava. Os funkeiros estavam brigados desde que Sheldon gravou um DVD mais focado em canções românticas e optou por não chamar Boco para participar da apresentação, já que o ex-parceiro cantava outro tipo de música.

Em anos de carreira, o funkeiro MC Boco do Borel lançou sucessos como ‘Novinha Merece Sim’ e ‘Vem Novinha Mim’.

Publicidade