in

Pivô da separação de Maiara e Fernando diz que recebeu ameaças da equipe do cantor: ‘tava bem soltinho’

A mulher se pronunciou após ser apontada como responsável pelo fim do namoro de Fernando Zor e Maiara.

AGNews/Reprodução/Instagram/Montagem: Higor Mendes

Desde que começaram um relacionamento amoroso, em 2019, Fernando Zor e Maiara terminaram algumas vezes, e nesta véspera de Natal (24/12) não foi diferente. Eles haviam assumido que estavam juntos novamente há poucos dias, após o falecimento de Marília Mendonça, que era amiga íntima da cantora.

Publicidade

Desta vez, Maiara teria terminado com Fernando após ele ter sido flagrado dançando com uma mulher no Paraná, com quem a teria traído. Na noite de Natal, a irmã de Maraisa disse que tinha recebido um par de chifres e chamou o ex de irresponsável. Fernando veio a público, neste sábado (25/12), para negar a traição e falou que não nega foto para ninguém, completando que Maiara entra muito na pilha dos haters.

Após a repercussão do caso, a suposta pivô da separação do casal também resolveu aparecer na internet e dar sua versão dos fatos. A massoterapeuta Francieli Padilha disse que decidiu se pronunciar, porque estavam criticando ela, mas que deviam fazer isso era com o sertanejo Fernando Zor.

Publicidade

A mulher disse não saber o que parece no Instagram, mas que é solteira, mãe de dois filhos, que ajuda a mãe com câncer, trabalha, estuda, é esforçada demais, mas que está sendo julgada injustamente nas redes sociais. Segundo Francieli, foi Fernando quem a chamou para dançar e disse que estava solteiro. A moça falou que cuida da sua vida e não tem tempo para cuidar da vida dos outros.

Publicidade

Francieli ainda afirmou ter recebido ameaças por parte da equipe do sertanejo de que seria processada se falasse alguma coisa, e completou: “Mas ele tava bem soltinho“. As gravações ganharam as redes sociais, e Sorocaba chegou a deixar emojis de biscoito em uma página do Instagram, dando a entender que a mulher estava em busca de fama.

Publicidade
Publicidade