in

Alok é condenado a pagar indenização para marca de roupas após desistir de assinar contrato

O desembargador concluiu que o artista faltou com seu dever de lealdade com a empresa.

Foto: UOL/ Divulgação

Nesta semana, Alok foi condenado a pagar indenização para uma marca de roupas e acessórios muito conhecida. O marido de Romana Novais, conseguiu vencer o processo em primeira instância contra a marca Cavalera, mas após uma modificação na sentença final, a situação mudou.

Publicidade

Os desembargadores da 1ª Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo responsáveis pelo caso deram ganho de causa para a marca. Segundo informações, os juízes concluíram que o Dj “faltou com seu dever de lealdade” durante as inúmeras tentativas de acordos no pré-contrato com a empresa.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira do portal ‘Em off, o valor da indenização será referente aos lucros provenientes dos gastos financeiros para a produção da coleção de roupas em parceria com Alok e também dos lucros cessantes, já que a marca deixou de lucrar porque o artista desistiu do acordo.

Publicidade

No processo, há provas que constatam que a marca fez vários acordos com o artista, antes dele assinar o contrato definitivo. Por conta disso, a Cavalera acabou confiando que Alok assinaria o contrato e iniciou a produção da coleção de roupas. O músico acabou desistindo na última hora, quando já estava tudo pronto para lançar as roupas no mercado da moda.

Publicidade

Após um longo processo, a empresa ganhou a ação. O desembargador Cesar Ciampolin concluiu que o artista deverá indenizar as autoras por danos materiais. Ainda não se sabe a quantia que deverá ser paga por Alok, mas o valor da causa na ação constava uma quantia mínima de R$50 mil.

Publicidade

Publicidade