in

Viúva de Paulinho, do Roupa Nova, trabalha como camelô: ’10 reais para ficar o dia inteiro em pé’

Em dificuldades financeiras, viúva do cantor morto no ano passado abriu o jogo em entrevista.

Instagram Elaine Soares Bastos

Elaine Soares Bastos, viúva do cantor Paulinho, integrante do Roupa Nova morto em decorrência de complicações da Covid-19, em dezembro do ano passado, está passando por dificuldades financeiras. A mulher abriu o jogo sobre o momento que tem vivido em entrevista à revista Quem.

Publicidade

Desesperada com as dificuldades financeiras que bateram à porta após a morte do marido, Elaine contou à Quem que pediu trabalho para uma amiga. Esta pessoal tinha um quiosque no centro do Rio de Janeiro, mas perdeu o negócio durante a pandemia do coronavírus.

A mulher tem uma banca que vende utensílios de acrílico na calçada do centro de comércio popular da Saara, também no centro da Cidade Maravilhosa. Elaine conta que trabalhou no local por alguns dias e que pegou um dia de folga. “Hoje tirei o dia para descansar porque para ganhar 10 reais para ficar o dia inteiro em pé não compensa”, disse a viúva de Paulinho.

Publicidade

Elaine contou ainda que entrou em contato com a amiga para trabalhar nos dias que antecedem o Natal para conseguir levantar algum dinheiro. Ela na briga na Justiça para ter a união estável com o músico da Roupa Nova reconhecida.

Publicidade

Companheira de Paulinho trabalha como camelô enquanto aguarda decisão da Justiça

Elaine, de 39 anos, está em briga judicial com dois filhos de Paulinho. Pedro Paulo Castor dos Santos e Twigg de Souza Santos. A mulher quer que seu relacionamento com Paulinho seja reconhecido como união estável. Se a Justiça concordar, ela deverá ser incluída na divisão da herança deixada pelo músico.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!