in

Após conversão, Karina Bacchi afirmou que largou a carreira de atriz para não cometer ‘adultério’

A apresentadora também disse que não se sentia à vontade atuando e que deixou a carreira por opção.

Foto: Reprodução/ Instagram @karinabacchi

Nesta semana, Karina Bacchi recebeu o pastor Rodrigo Silva para uma conversa em seu canal no YouTube. Durante o bate-papo, a artista explicou a razão por ter parado de atuar.

Publicidade

Karina afirmou que após sua conversão, teve dificuldades em lidar com sua profissão, principalmente por conta das cenas quentes. A artista disse que na Bíblia Deus deixa bem claro que o adultério é pecado e que por ser casada, ela acredita que as cenas mais íntimas podem ser consideradas adultério.

“Uma atriz casada que vai interpretar uma cena na qual ela vai ter que beijar, abraçar… Aquilo não é considerado adultério? Acho que estaria sendo contra o que a Bíblia diz”, disse a apresentadora.

Publicidade

A esposa do ex-jogador Amaury Nunes afirmou que não deixou sua carreira de atriz por causa da palavra de Deus, mas também porque ela não se sentia à vontade atuando. Ela ainda disse que deixou de atuar por opção e que seu marido nunca interferiu no seu trabalho.

Publicidade

Ao longo da conversa, o pastor respondeu algumas dúvidas de Karina e afirmou compreender o posicionamento da youtuber e disse que se fosse ator, não beijaria outra mulher.

Publicidade

Apesar de ter abandonado a carreira por conta de sua religião e de seu bem-estar, a apresentadora afirmou que não tem nada contra a profissão e disse que as pessoas têm que se sentir bem no que fazem, independentemente do trabalho. Disse também que por isso decidiu terminar sua carreira como atriz, porque não se sentia bem consigo mesma.

Karina Bacchi já atuou em várias novelas, como ‘Da Cor do Pecado’ e ‘O clone’, que fizeram muito sucesso. Contudo, apesar de atuar muito bem, a artista disse que não tem pretensões de retomar a carreira.

Publicidade