in

‘Eu fiz o meu enterro’, Carlos Alberto de Nóbrega abre o jogo sobre ‘espíritos obsessores’

Apresentador da Praça abriu o jogo sobre sentimentos durante a pandemia.

Reprodução YouTube Planeta Podcast

O apresentador Carlos Alberto Nóbrega participou do Planeta Podcast e falou sobre o momento difícil que viveu em meio à pandemia do coronavírus. Em outras entrevistas, o apresentador de A Praça É Nossa já havia falado sobre o abalo psicológico durante o confinamento em casa.

Publicidade

Dessa vez, Carlos Alberto deu mais detalhes de como se sentia (pode ser assistido a partir de 1h27min no vídeo abaixo). O apresentador afirmou que estava certo de que iria morrer. “Eu ia me deitar e olhava pra minha mulher e dizia: ‘coitada, vai que eu morra de noite, olha o susto que ela vai levar'”, contou.

Carlos Alberto é casado com a médica Renata Domingues. O apresentador de 85 anos tem filhos, netos e bisneto. “Eu fiz o meu enterro. ‘Quando eu morrer, se for agora, não vai ninguém, eu vou ficar fechado num caixão, vou ser cremado. Vai tocar a música My Way (do Frank Sinatra)”, recordou Carlos Alberto.

Publicidade

Publicidade

Em seguida, o apresentador disse que não tinha direito de pensar dessa forma e afirmou que está com saúde, empregado e que sua família também está bem. Carlos Alberto contou que conversou com uma mulher chamada Wandinha. A médium teria dito que ele não vai morrer tão cedo e o orientou a fazer oração caso fique pensando em morte e coisas parecidas.

Publicidade

Segundo o apresentador, este tipo de pensamento seria causado por “espíritos obsessores”. Carlos Alberto contou no podcast que estava tomando banho antes de ir para a entrevista e começou a repreender os pensamentos negativos. Renata entrou no banheiro para saber com quem ele estava falando. 

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!