in

Whindersson Nunes relatou, em sua biografia, que João Miguel foi cremado: ‘Eu conheci a dor de perder um filho’

O humorista relatou que, quando pegou seu filho no colo, foi o momento que mais chorou na vida.

Instagram @whinderssonnunes

O humorista Whindersson Nunes, em seu livro ‘Vivendo como um guerreiro’, conta sua história de vida. Em uma parte de sua biografia, o youtuber relata o tempo que passou com seu filho, João Miguel, que faleceu este ano, dois dias após o nascimento precoce.

Publicidade

João Miguel foi fruto da relação do humorista com a influenciadora Maria Lina. No livro, Whindersson fala sobre a perda do pequeno Miguel no primeiro capítulo: ‘Meu filho, João’.

Em um trecho do capítulo, o youtuber conta que foi um momento muito difícil para ele. Disse também que pegou João no colo, já sem vida, e foi a vez que ele mais chorou. Ele continua o relato, destacando que esse momento de tristeza perdura até hoje.

Publicidade

Whindersson também falou sobre a ex-noiva, mãe de seu filho, contando que Maria Lina também sofreu muito, principalmente porque, quando ficou grávida, ela foi muito atacada na internet. O humorista ainda disse que, no momento de dificuldade, escreveu com fé em uma rede social: “Deixai vir a mim os pequeninos, porque deles é o Reino dos Céus”.

Publicidade

Quando o falecimento de seu filho foi confirmado, não havia mais nada a ser dito e, no momento, só sentia a perda. “A dor de voltar para casa. A dor do desabamento de um sonho. A dor do adeus. A dor de voltar sem a criança e sem a barriga, após meses de esperança”, desabafou o youtuber.

Publicidade

O artista ainda relatou que seu filho foi cremado. De acordo com Windersson, ele não esperava perder um filho e descreveu que a dor é muito grande. Por fim, o humorista relatou que tinha muita certeza de que iria dar tudo certo e desabafou que perdeu um pedaço de si, quando seu filho morreu.

Publicidade