in

Ratinho sugere metralhar deputada do PT e ela diz que vai processá-lo: ‘Foi tudo muito explícito’

A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) afirmou que o ataque do comunicador foi muito explícito, por isso, tomará as medidas cabíveis.

REPRODUÇÃO/YOUTUBE

A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) afirmou irá processar o apresentador Ratinho, do SBT, depois que o comunicador sugeriu que ela fosse eliminada com o uso de uma metralhadora.

Publicidade

Para o programa UOL News-Tarde, do canal UOL, a parlamentar afirmou que irá entrar com um processo contra o Ratinho, com um pedido de indenização por danos morais. E não é só isso. Bonavides ainda afirma que dará início a uma ação criminal contra o comunicador, destacando que “foi tudo muito explícito”.

A deputada federal ainda fez questão de pontuar que a incitação de Ratinho se torna ainda mais grave pelo fato de que ele cometeu a mesma utilizando uma concessão pública. Natália Bonavides destacou que as frases foram ditas pelo comunicador no programa Turma do Ratinho, transmitido pela rádio Massa FM.

Publicidade

Toda a situação teve início quando Ratinho decidiu criticar um Projeto de Lei apresentado por Natália Bonavides. O principal objetivo desse PL é derrubar a expressão “marido e mulher” na celebração de um casamento.

Publicidade

Ao repercutir o projeto apresentado por Bonavides, Ratinho chegou a usar expressões machistas, como quando disse para a deputada ir lavar as roupas e as cuecas de seu marido. E mais, o comunicador ainda destacou que, ao seu ver, o Projeto de Lei apresentado pela deputada é uma “imbecilidade”.

Publicidade

Bonavides rebateu as afirmações de Ratinho caracterizando as mesmas como uma forma de violência de gênero e machista que, ao ver da parlamentar, quer dizer que o seu lugar como mulher nordestina não é na área política do Brasil.

Publicidade